[RESENHA] O simbolo perdido – Dan Brown

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014




Titulo: O símbolo perdido
Autor: Dan brown
Editora: Sextante    novembro/2009
Páginas: 572

Principais personagens
  •  Robert Langdon, simbologista da Universidade de Harvard e protagonista do livro.
  • Mal'akh, vilão da história que possui o corpo todo tatuado.
  • Peter Solomon, secretario de Smithsonian, bilionário, Maçon e amigo de Robert Langdon.
  • Katherine Solomon, cientista teórica das ciências noéticas, irmã de Peter Solomon.
  • Warren Bellamy, Arquiteto do Capitólio e grande amigo de Peter Solomon.
  • Inoue Sato, chefe do Office of Security da CIA.

O símbolo perdido é o quinto livro de Dan Brown de ficção e o terceiro que conta as aventuras de Robert  Langdon, o livro  tem como  tema principal a lenda dos Antigos Mistérios da Maçonaria.
Uma  história eletrizante, marcada por personagens, fatos e descobertas  incríveis e surpreendentes. 




O cético simbologista Robert Langdon encara mais uma  vez uma aventura cheia de mistérios, onde um psicopata que auto se intitula  Mal'akh de aparência medonha e intrigante, sequestra  Peter Solomon grande amigo de Robert Langdon. Peter como membro de uma grande sociedade, a Francomaçonaria,  que tem  como os fundadores da nação americana envolvidos com a irmandade e que  guarda grandes mistérios.
Robert é convidado  por meio do assistente do seu amigo Peter para dar uma palestra em Washington, chegando é surpreendido por um telefonema. Mal’akh pede em troca da  vida de seu amigo Peter,  que ele descubra e desvende a localização da antiga e histórica pirâmide maçônica que ele acredita guarda a localização de um grande saber que o transformaria em um deus.
Ao decorrer da trama Mal’akh faz revelações surpreendentes sobre a vida de Peter, tenta matar Katherine Solomon , uma grande cientista e pesquisadora  da área da ciência noética, que encontrou grandes respostas sobre o poder da fé e deseja compartilhar com o mundo, algo que Mal’akh tentara impedir. 
O símbolo perdido é uma obra densa, cheios de códigos, pistas e tem uma dinâmica que o torna impossível  deixá-lo de lado.Tem como cenário os principais pontos de Washington e nos faz  perceber que ela é  tão misteriosa quanto o  Vaticano ou  Paris. Dan Brown  faz despertar o interesse dos leitores por temas tão variados como ciência noética, teoria das supercordas e segredos em  obras de arte, os desafiando a abrir a mente para novos conhecimentos. A cada  página o leitor se surpreende, com situações e descobertas bombásticas, chegando umas serem chocantes que te deixam de boca aberta.
O Símbolo Perdido é um ótimo livro pra quem gosta do gênero, porém a única coisa que eu não me agradou, é o final, que ficou longo e desnecessário, chegando a ser maçante, mas mesmo assim não deixa de ser mais uma obra incrível do Dan Brown!
O símbolo perdido  iria ser adaptado para o cinema, mas foi cancelado.



Recomendo a leitura !!

3 comentários:

  1. Olá Lucas.
    Adorei sua resenha.
    Ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro deste autor.
    Compartilhei sua promoção na minha page do facebook.
    Estou começando agora.
    Boa sorte com o blog.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir